Início » Cabelo » Siga essas dicas para EVITAR o corte químico no cabelo

Siga essas dicas para EVITAR o corte químico no cabelo

O corte químico no cabelo é de fato um problema grave e que afeta drasticamente as madeixas. Assim evitá-lo é necessário para garantir que os fios se mantenham saudáveis após uma tintura ou processo de alisamento.

Por isso, a seguir o Boa Dica de Beleza te conta as melhores dicas para evitar que ele aconteça. Vem ver!

Corte Químico no cabelo. Foto mostra mulher loira olhando para a escova de cabelo assustada

Corte Químico no cabelo: dicas para evitar o problema com segurança

O corte químico no cabelo ocorre quando o cabelo sofre danos irreparáveis devido ao uso excessivo de produtos químicos, como alisantes, tinturas, descolorantes, entre outros. A mistura de produtos ou o excesso deles corta realmente os fios, deixando o cabelo danificado, sem vida e simetria.

Por isso, evitá-lo é essencial para garantir que as madeixas continuem saudáveis. Para te ajudar, no entanto, selecionamos algumas dicas importantíssimas baseadas em grandes profissionais do país. Olha só:

Leia também: Fiz luzes e não gostei: posso tonalizar? Veja quais são suas opções

1. Primeiro passo: faça um teste de mecha

O corte químico no cabelo acontece muitas vezes pela mistura de produtos químicos sobre os fios. Assim fazer um teste de mecha antes de qualquer novo procedimento é realmente essencial para garantir que todo o cabelo irá suportar a nova mudança.

Portanto, antes de aplicar qualquer produto químico em todo o cabelo, faça um teste de mecha. Isso ajudará a determinar como o cabelo reagirá ao produto.

2. Respeite o intervalo entre os procedimentos

Outra dica crucial para evitar o corte químico sobre as madeixas é o intervalo dos procedimentos. Lembre-se que alisamentos e colorações não combinam em muitas das vezes, sendo importantíssimo esperar o tempo de cada um deles.

Assim, dê tempo suficiente para o cabelo se recuperar entre os procedimentos químicos. Também siga todas as recomendações do seu cabeleireiro sobre o intervalo necessário.

3. Consulte um profissional

Outra dica essencial é consultar um profissional de beleza da sua confiança. Vale lembrar que ele, mais do que ninguém, poderá identificar de fato a saúde do fio antes de apostar em um novo procedimento químico. Isso evitará com certeza qualquer situação de corte químico no cabelo.

4. Não misture produtos químicos

A dica essencial é não misturar produtos químicos. Mais que respeitar o intervá-lo entre eles, a mistura no mesmo dia ou semana pode ser fatal para sua madeixa.

Assim, evite aplicar diferentes produtos químicos no mesmo dia. Por exemplo, não faça a descoloração do cabelo e use produtos para alisá-lo no mesmo dia, pois isso pode causar danos graves.

Você pode gostar de ler: Alisar e pintar o cabelo no mesmo dia? Entenda se isso é possível e sem causar danos aos fios

5. Mantenha o cabelo bem hidratado para evitar o corte químico no cabelo

Por fim, não podemos deixar de citar outra dica imprescindível: o cronograma capilar. Mais que evitar a mistura de processos químicos, suas madeixas só estarão mais seguras quando bem saudáveis.

Portanto, foque de forma intensa na hidratação, nutrição e construção do fio após cada procedimento.  Quanto mais rápido o fio se recuperar, menos chances ele possui de sentir o próximo impacto químico com tanta intensidade.

Lembre-se: use máscaras capilares, condicionadores e óleos para manter a umidade do cabelo. Cabelos saudáveis são mais resistentes a danos químicos.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Jornalista, apaixonada pelo SEO e pelo Marketing Digital. Estou desvendando o mundo da beleza para encontrar os melhores conteúdos que promovam o bem-estar e qualidade de vida das mulheres.

Deixe seu comentário