Cauterização Capilar: Para que serve, Como fazer, Duração

Modificado em:

Manter os cabelos bem tratados é uma tarefa difícil quando aplicamos certos danos ao fios com alguma frequência.

Secador, chapinha, descoloração e alguns tipos de alisamentos podem fazer com que, além de quebradiços, os nossos cabelos fiquem ressecados e sem vida.

Para manter os fios sempre belos, conheça mais sobre a cauterização capilar e todos os benefícios que ela pode trazer.

Cauterização capilar: para que serve?

Cauterização capilar

A cauterização tem o intuito de devolver aos fios aminoácidos e a queratina que foram perdidos dos durante a ação de danos externos, como a exposição ao calor excessivo, poluição e agentes que mudam a cor e estrutura dos cabelos.

O efeito que a cauterização causa nos fios é um alinhamento, gerando maciez, brilho e força. Até mesmo é possível conseguir driblar as temíveis pontas duplas.

Quem deve fazer cauterização capilar?

mulher fazendo cauterização capilar

Cabelos lisos, ondulados, crespos ou cacheados podem realizar a cauterização. Esse processo é indicado principalmente para cabelos danificados que, com o tempo, começam a apresentar quebra.

Pessoas que tiveram corte químico também podem realizar a cauterização capilar para dar força aos fios e evitar que eles se quebrem ainda mais.

Se você sente que seu cabelo está muito fraco, quebra com facilidade, não possui nenhum tipo de resistência e inclusive apresenta o aspecto “emborrachado”, a cauterização capilar é essencial.

Às vezes, após o processo de descoloração, algumas pessoas não percebem que o cabelo não iria resistir o processo e acabam tendo, como resultado, o “emborrachamento” dos fios. Os cabelos ficam elásticos, começam a quebrar com muita facilidade quando estão molhados. Nesse caso, a cauterização capilar também é uma ótima alternativa.

Se seus fios apresenta também muitas pontas duplas e queda devido à quebra, a cauterização pode ser a resolução desses problemas.

De modo geral, cabelos danificados e com falta de maciez podem aproveitar muito a cauterização.

Quanto tempo dura cauterização capilar?

Cauterização capilar antes e depois

Quando machucamos a nossa pele, o próprio corpo começa o processo para reparar o dano tecidual. Porém, esse processo de reparação não acontece nos fios de cabelo, pois o cabelo é feito de células queratinizadas mortas.

Ou seja, ao contrário do que ocorre em nossa pele, não existem células capazes de reparar o nosso cabelo, pois o mesmo é uma estrutura que já está morta.

Quando fazemos um processo como a cauterização capilar, a melhora visual e sensorial dos fios ocorre porque os produtos depositam substâncias entre as cutículas levantadas, melhorando a aparência do cabelo. Porém, é impossível reconstruir ou regenerar o cabelo danificado.

Portanto, é importante que estejamos cientes da irreversibilidade do dano: a recuperação nos cabelos sempre será temporária, pois o cabelo é tecido morto, ou seja, o dano é irreversível.

Quando fazemos qualquer tipo de recuperação nos fios, como é o caso da cauterização capilar, a mesma será temporária e jamais permanente, já que os produtos depositados irão sair com o tempo e com as próximas lavagens.

O dano levanta as cutículas, expondo as camadas mais internas do fio que, infelizmente, não têm mecanismos para recuperar esse dano pois ele é matéria morta.

Então, a cauterização busca inserir substâncias entre as cutículas para que ele volte a ficar semelhante ao fio saudável, porém o material depositado irá sair em algum momento. É por isso que temos grande necessidade de repetir os procedimentos capilares para que o resultado continue sendo sustentado.

Cabelos muito danificados porem refazer a cauterização capilar a cada 15 dias ou 20 dias. O intervalo de 1 mês também é uma opção para os fios com menor dano.

Como é feita a cauterização?

processo de cauterização capilar

Os principais ativos do processo são aminoácidos e a queratina. Também é necessário o uso de uma fonte de calor, que ajude os produtos a terem maior efeito na fibra capilar.

Produtos capilares com essas substâncias conseguem melhorar a maleabilidade da haste capilar, ficar temporariamente entre as cutículas levantadas e formar um filme sobre a estrutura danificada no fio. Isso faz com que o aspecto visual e sensorial melhore.

Você pode fazer uma cauterização capilar caseira seguindo os passos abaixo:

1- Lave os cabelos com o shampoo de sua preferência,

2- Em seguida, aplique o produto com queratina e aminoácidos com os cabelos ainda molhados,

3- Aplique alguma fonte de calor. Secadores e toucas de alumínio podem te ajudar a elevar levemente a temperatura dos fios. Siga o tempo e o modo de aplicação determinados pelo fabricante do produto (essas informações estão geralmente na parte de trás, em seu rótulo),

4- Enxague os fios e finalize do modo que desejar. Caso prefira, utilize em seguida o condicionador de sua preferência.

Existem diversos produtos disponíveis no mercado, porém é necessário ficar atento a sua composição.

Confira sempre se a queratina e aminoácidos estão presentes no rótulo, na composição do produto.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

Leave a Reply